PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Garotos do CFA CUCAU sub-15 e sub- 17 fez Amistoso Contra Equipes da mesma Categoria so Retro e Sport ( Antes da Parada)

 

No mês  fevereiro de 2020 as categorias sub-15 e sub-17 do CFA CUCAU fizeram uma amistoso contra as equipe da mesma categoria dos clubes do retro no seu ct e do sport no campo auxiliar.




 

Projeto Esportivo Social Da Cidade De Rio Formoso-PE pode Disputar um Torneio na Cidade de Maranello na Itália Em Abril de 2021

          



   O Centro de Formação de Atleta ( CFA CUCAU ) foi Convidado Para Participa De um Torneio na Cidade de Maranello na Itália na sua categoria sub19 onde sera a unica equipe Brasileira a Participa deste Evento que sera Realizado de 02 a 05 de Abril de 2021.

            O CFA CUCAU já no Aguardo do Convite Oficial chega nos próximo dias   para começar os trabalho de organização para a viagem.
em breve mais informações 
            O Projeto cfa cucau  e Localizado no Distrito de cocau zona rural da Cidade de Rio Formoso em Pernambuco , hoje o Projeto tem 130 Alunos com idade de 9 a 19 anos 

                                            


CFA Disputa seu Primeiro Campeonato Pernambucano de Futsal em 2018 na Categoria sub-17


        Em 2018 o CFA que estava sediado na Cidade da Gameleira Disputou sua Primeira Competição em outra Modalidade que foi a de Futsal na categoria sub-17 em uma Parceria com o Nabuco Atlético Clube ( NAC ) da Cidade de Joaquim Nabuco Clube Filiado a Federação Pernambucana de Futsal ( FPFS).
     Com Garotos todos da Cidade da Gameleira Com idade entre 15 a 17 anos, e com uma ajuda da Prefeitura e Amigos conseguimos Termina a Competição , Fato Histórico no Município Onde Pela Primeira vez uma Projeto Social na Cidade Disputa uma Competição Oficial com todos os Garotos Filho da Cidade  





Depois de cinco anos CFA volta as Atividades com os Garotos do Distrito de Cocau em Rio Formoso

     
 Depois cinco anos e com Passagem nas Cidade de Aguá Preta e Gameleira o CFA retorna a onde tudo começou no Distritos de Cocau em Rio Formoso com  muitas conversas entre a diretoria do C.R.C e o coordenador e treinador do CFA Ecio Rodrigues ( Ferreira) e tudo certo entre ambas as partes o trabalho recomeçou.
      Em 09 de outubro de 2019 começou as atividades os garotos e garotas da comunidade chegando ao numero de 130 alunos inscritos para o inicio dos trabalho 




Sub-18 do CFA de Cucaú dá entrevista a programa de esportes do SBT antes da viagem para o Paraná

Técnico Ecio Rodrigues sendo entrevistado por Kaline Bradley

O técnico Écio Rodrigues (ferreirinha) e os garotos sub-18 do Centro de Formação de Atletas de Futebol da Usina Cucaú/Rio Formoso em Pernambuco irão para o Paraná disputar a Copa Agudos do Sul a partir do dia 12 de julho de 2013 e foram entrevistados por kaline bradley apresentadora do programa show de bola da TV JORNAL/SBT do Recife/PE na tarde de terça (03)  a entrevista vai ao ar neste sábado (06), ao meio dia e quarenta.

Projeto CFA conquista Copa Internacional no Paraná em 2013

CFAF de Cucau Campeão da Copa Internacional Liverpool de Agudos do Sul/PR

A equipe sub-18 do CFAF da Usina Cucaú/Rio Formoso-PE sagrou-se campeão da Copa Internacional Liverpool de Base/2013, do Estado do Paraná, ao derrotar a equipe do Mato Grosso, por 2 a 0, esta noite (17), no Estádio Municipal de Agudos do Sul, com gols de ítalo e Jorge Luiz.
Antes, pela manhã, o time do CFAF bateu a equipe do Liverpool, por 3 a 0, em partida válida pela fase semifinal.
O time pernambucano além do título da competição teve o artilheiro Jorge Luiz com 8 gols e ficou com a taça da equipe mais disciplinada.  A volta da delegação será ás 02 horas da manhã de domingo (21), no aeroporto dos Guararapes, em Recife/PE.
Hoje (18), o CFAF realizará um amistoso contra a equipe do Joinville/SC, no Centro de Treinamento do time catarinense, o que possibilitará á avaliação dos atletas nordestinos pela comissão sub-18.
O time do Centro de Formação de Atletas de Futebol de Cucaú conquistou o título com a seguinte formação: Yuri; Carlos Bruno (Matheus Lucas),  Ítalo, Luiz Carlos, Anderson e  Everton; Amaro Marques (Sarapó), Eric e Arisnelson; Alex Silva (Marlon) e Jorge Luiz.
A comissão técnica formou com: Coordenador Romero Junior, auxiliar técnico Jairo Domingos e técnico Écio Rodrigues (Ferreira).

Boas recordações do nosso time Juvenil do CFA de Cucaú 2011

O  time  Juvenil  do CFA de  Cucaú: Silvio;  Erick , Ítalo,  Luiz Carlos  e  Tiago;  Amaro, Alberto, Jebison e Demisson;  Michael (Felipe)  e  Everson ( Tamandaré) - Técnico Écio Rodrigues (Ferreirinha).

Matéria sobre o nosso projeto publicada no site Núcleo F5

Dados da Fundação Abrinque, organização que mobiliza a sociedade para questões dos direitos da criança e do adolescente, mostram que no Brasil cerca de 17,3 milhões de jovens estão em situação de pobreza e vulnerabilidade social. Instituições de cunho socioesportivo estão espalhadas pelo Brasil, e na zona da Mata Sul de Pernambuco o Centro de Formação de Atletas (CFA) se tornou mais um desses inúmeros projetos que são usados para combater esses indicadores.

O CFA foi criado em 2 de fevereiro de 2009 pelo técnico de futebol Ecio Rodrigues, no distrito de Cocaú, pertencente ao município de Rio Formoso, oferecendo a prática de futebol a crianças e jovens com idades entre 9 e 19 anos. Segundo Ecio, a ideia foi criar uma escolinha de futebol em parceria com a Usina Cucaú, que é produtora de álcool e açúcar, para ocupar os filhos dos funcionários enquanto estivessem fora da escola, pois geralmente ficavam sozinhos em casa enquanto os pais estavam no corte de cana ou na indústria. “O CFA começou de uma parceria minha com a usina, eles queriam apenas ocupar as crianças enquanto os pais trabalhavam, mas eu enxergava além disso, pois poderíamos daquela forma afastar a garotada das drogas e até mesmo do trabalho infantil. Uma das coisas que prezávamos muito era o desempenho escolar do atleta”, afirmou o técnico.

Em 2014, por motivos financeiros, a escolinha deixou Cocaú. A dona de casa Jéssica Matos teve seu filho Clênio Matos (22) como atleta do CFA e diz que o projeto faz falta, pois gostaria de vê-lo novamente atuando no distrito. “Depois de passar pela escolinha, Clênio se tornou mais responsável e tanto ele como outros alunos se afastaram das coisas erradas do mundo. Até hoje faz falta esse trabalho, mas infelizmente ninguém valoriza essas coisas. Muitas mães sabem o que Ecio foi para os garotos daqui”, contou a Jéssica.

Entre 2014 e 2016, o CFA desempenhou o trabalho em Água Preta e de 2017 até 2019 ficou sediado em Gameleira, mas devido a problemas políticos o projeto saiu de ambas as cidades. “Em Água Preta, a saída do CFA ocorreu devido à transição do governo municipal, o governo que estava entrando não queria manter o projeto. Já o caso de Gameleira foi que eu recebi proposta de trabalho em outra cidade e queria manter o projeto em Gameleira, mas a gestora não aceitou e deixou de ceder o campo do municipal para as atividades”, explicou Ecio Rodrigues, também afirmando que, devido a dificuldades financeiras com a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) apresentando taxas de inscrição muito altas, o CFA não vai disputar o Campeonato Pernambucano de Futebol na categoria sub-17.

Durante seus dez anos de existência, o CFA já atendeu cerca de mil jovens, mas atualmente apenas a categoria sub-17 do CFA está em atividade, alternando seus treinos entre o Estádio Municipal Ademar Fraga, em Joaquim Nabuco, e o campo do Centro Recreativo Cocauense (CRC), em Cocaú.

 

OS FRUTOS

            O trabalho do CFA consiste também em revelar jogadores de futebol, pois os alunos são levados para participarem de testes em equipes profissionais do futebol nacional. De Cocaú saiu Wallace Luiz (23) para o Santa Cruz-PE, Erick Sergio de Água Preta foi para o CRB-AL, e Gameleira teve Herbert Silva (13) na categoria de base do Sport-PE. O mais recente atleta revelado pelo técnico Ecio foi Gabriel Vitor (13) que irá integrar a categoria de base do Porto de Caruaru.

            Gabriel Vitor é natural de Gameleira e foi observado pela comissão técnica do Porto em um amistoso entre a equipe caruaruense e o CFA no dia 14 do mês passado. “Se não fosse o CFA e o professor Ecio, essa oportunidade nunca iria chegar, vou me esforçar para agarrar a oportunidade e realizar meu sonho de ser jogador”, afirma Gabriel.

Por: Enock Neto

Nosso projeto em Água Preta, Cucaú e Gameleira - PE

Nosso projeto nas cidades em Água Preta, Cucaú e Gameleira

CFA foi criado em 2 de fevereiro de 2009 pelo técnico de futebol Ecio Rodrigues, no distrito de Cocaú, pertencente ao município de Rio Formoso, oferecendo a prática de futebol a crianças e jovens com idades entre 9 e 19 anos. Segundo Ecio, a ideia foi criar uma escolinha de futebol em parceria com a Usina Cucaú, que é produtora de álcool e açúcar, para ocupar os filhos dos funcionários enquanto estivessem fora da escola, pois geralmente ficavam sozinhos em casa enquanto os pais estavam no corte de cana ou na indústria. “O CFA começou de uma parceria minha com a usina, eles queriam apenas ocupar as crianças enquanto os pais trabalhavam, mas eu enxergava além disso, pois poderíamos daquela forma afastar a garotada das drogas e até mesmo do trabalho infantil. Uma das coisas que prezávamos muito era o desempenho escolar do atleta”, afirmou o técnico.

Em 2014, por motivos financeiros, a escolinha deixou Cucaú. A dona de casa Jéssica Matos teve seu filho Clênio Matos (22) como atleta do CFA e diz que o projeto faz falta, pois gostaria de vê-lo novamente atuando no distrito. “Depois de passar pela escolinha, Clênio se tornou mais responsável e tanto ele como outros alunos se afastaram das coisas erradas do mundo. Até hoje faz falta esse trabalho, mas infelizmente ninguém valoriza essas coisas. Muitas mães sabem o que Ecio foi para os garotos daqui”, contou a Jéssica.
Entre 2014 e 2016, o CFA desempenhou o trabalho em Água Preta e de 2017 até 2019 ficou sediado em Gameleira, mas devido a problemas políticos o projeto saiu de ambas as cidades. “Em Água Preta, a saída do CFA ocorreu devido à transição do governo municipal, o governo que estava entrando não queria manter o projeto. Já o caso de Gameleira foi que eu recebi proposta de trabalho em outra cidade e queria manter o projeto em Gameleira, mas a gestora não aceitou e deixou de ceder o campo do municipal para as atividades”, explicou Ecio Rodrigues, também afirmando que, devido a dificuldades financeiras com a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) apresentando taxas de inscrição muito altas, o CFA não vai disputar o Campeonato Pernambucano de Futebol na categoria sub-17.

Durante seus dez anos de existência, o CFA já atendeu cerca de mil jovens, mas atualmente apenas a categoria sub-17 do CFA está em atividade, alternando seus treinos entre o Estádio Municipal Ademar Fraga, em Joaquim Nabuco, e o campo do Centro Recreativo Cocauense (CRC), em Cucaú.

Nosso Treinador, Professor Ferreira

A maior vitória na competição é derivada da satisfação interna de saber que você fez o seu melhor e que você obteve o máximo daquilo que você deu.